VIRTUDES HUMANAS (3): SEM ELAS O CRISTIANISMO É APENAS UMA CARICATURA


EVANGELHO – Lc 12, 54-59

Naquele tempo: Jesus dizia às multidões: “Quando vedes uma nuvem vinda do ocidente, logo dizeis que vem chuva. E assim acontece. Quando sentis soprar o vento do sul, logo dizeis que vai fazer calor. E assim acontece. Hipócritas! Vós sabeis interpretar o aspecto da terra e do céu. Como é que não sabeis interpretar o tempo presente? Por que não julgais por vós mesmos o que é justo?
Quando, pois, tu vais com o teu adversário apresentar-te diante do magistrado, procura resolver o caso com ele enquanto estais a caminho. Senão ele te levará ao juiz, o juiz te entregará ao guarda, e o guarda te jogará na cadeia. Eu te digo: daí tu não sairás, enquanto não pagares o último centavo”.
– Palavra da Salvação
– Glória a vós, Senhor

Olhar para Jesus:
Hipócritas! Vós sabeis interpretar o aspecto da terra e do céu. Como é que não sabeis interpretar o tempo presente? Jesus, com estas palavras censura os fariseus e doutores da lei por não perceberem que eles estavam diante do Messias, do próprio Deus que veio à terra para nos salvar. Deus também dá sinais diariamente da sua presença junto de nós. Saibamos viver na sua presença o dia inteiro. Vivendo assim, nossa vida se encherá de uma grande alegria.

Vamos dar continuidade à nossa série sobre as virtudes. Nas duas reflexões que fizemos, falamos o que são as virtudes, como as adquirimos e falamos da relação entre as virtudes e a santidade, que uma pessoa santa é aquela que termina esta vida com as virtudes em grau muito elevado.

Hoje eu gostaria de falar da relação entre as virtudes e a vida cristã.

Hoje há uma ideia errada de que um bom católico é aquele que vai à missa todo domingo e reza diariamente. É ainda mais católico se está toda hora rezando, se está engajado em alguma pastoral da igreja etc. Não há dúvida que um bom católico deve ir, pelo menos, à missa todo domingo e rezar diariamente. Mas isto não basta. Mesmo até que reze toda hora e tenha algum trabalho na paróquia. Permanecer nesta situação é ter uma visão espiritualista da religião. A religião não é só rezar e estar na igreja. A religião é imitar Jesus Cristo.

E Jesus era, e é, perfeito Deus e perfeito homem. É Deus de modo pleno e homem de modo pleno. E o que é ser homem de modo pleno? É ter todas as virtudes humanas de modo cabal.

Quem captou de modo muito profundo que viver a religião, ser santo, é imitar Jesus Cristo e isto supõe adquirir todas as virtudes humanas além de sermos muito espiritualizados foi São Josemaria Escrivá. Quando Deus lhe mostrou que todos os que estão neste mundo estão chamados à santidade, ficou muito claro para ele que, como somos humanos e espirituais, Deus nos pede o pleno desenvolvimento humano e o pleno desenvolvimento espiritual. A perfeição humana e a perfeição espiritual. E isso é imitar Cristo, perfeito Deus e perfeito homem.

Como disse, hoje há uma ideia errada de que ser um bom católico é rezar, assistir à missa, estar na igreja etc. Porém, todos nós vemos que não adianta nada passar horas na igreja e sair xingando todo mundo, não cumprir bem o dever, ser uma pessoa desordenada, ficar falando mal das pessoas etc. Por esta visão errada da religião, muitas pessoas dizem que não vão à igreja, pois conhecem muitas pessoas que vão e fazem um monte de coisas erradas e são até piores dos que não vão.

Em certo sentido, estas pessoas têm razão, pois ficou esquecido que viver bem a religião, ser santo, é imitar Cristo que, além de ser perfeito Deus é perfeito homem. Devido à influência das pessoas consagradas a Deus que se afastam do mundo para viver uma vida de união com Deus, a religião passou a ser vista de uma forma bem espiritualista. Graças a São Josemaria que foi instrumento de Deus para lembrar a todos que vivem no meio do mundo que estão chamados à santidade, pouco a pouco está sendo recuperado o lado humano, as virtudes humanas, como parte importante da santidade.

São Josemaria chegava a dizer: “primeiro seja homem e depois seja anjo”. Primeiro seja um homem de caráter, de virtudes, um homem acabado do ponto de vista humano e depois seja anjo, seja um homem de espiritualidade, de oração.

Na verdade, é só uma forma de dizer para ficar bem claro para nós a importância de sermos homens cabais, plenos, com todas as virtudes.

Com esta luz de São Josemaria, entendemos cada vez melhor que um homem, um cristão, sem virtudes é uma pessoa manca, que lhe falta algo. Sem as virtudes:
– não vai adiantar nada receber muita graça, por exemplo, na missa se depois continuamos sendo orgulhosos, preguiçosos, invejosos etc;
– não vai adiantar nada chorar de emoção, fazer um retiro espiritual e queimar os pecados escritos num papel, se depois não lutamos contra nossos defeitos e sem vergonhices;
– também contribuiremos para as pessoas pensarem mal da religião ao verem a incoerência entre nossa prática religiosa e nosso comportamento.

Lição: vamos entendendo cada vez melhor a importância das virtudes. Acompanhem bem a nossa série para vocês conhecerem as principais virtudes cristãs e possam fazer uma reflexão de como melhorar em cada uma delas.

VIRTUDES HUMANAS (3): SEM ELAS O CRISTIANISMO É APENAS UMA CARICATURA

You may also like

AMOR DE DEUS: AMA SEUS FILHOS PECADORES
EVANGELHO - Lc 5, 27-32 Naquele tempo: Jesus viu um cobrador de ...
VIRTUDES HUMANAS (11): PACIÊNCIA (1)
EVANGELHO - Mc 7, 31-37 Naquele tempo: Jesus saiu de novo da região de ...
VIRTUDES HUMANAS (10): ORDEM (2)
EVANGELHO - Mc 4, 26-34 Naquele tempo: Jesus disse à multidão: "O ...
VIRTUDES HUMANAS (9): ORDEM (1)
EVANGELHO - Mc 3, 13-19 Naquele tempo: Jesus subiu ao monte e chamou ...
VIRTUDES HUMANAS (8): TEMPERANÇA
EVANGELHO - Mc 2, 1-12 Alguns dias depois, Jesus entrou de novo em ...
NOSSA SENHORA: NOSSA MÃE
EVANGELHO – Lc 2, 16-21 Naquele tempo: Os pastores foram às pressas a ...
SAGRADA FAMÍLIA: MODELO DE TODAS AS FAMÍLIAS
EVANGELHO - Lc 2,22-40 Quando se completaram os dias para a ...
CONFIANÇA EM DEUS: DEUS SEMPRE CUMPRE SUAS PROMESSAS
EVANGELHO - Lc 2, 22-35 Quando se completaram os dias para a ...

Page 1 of 21

Rolar para o topo