SÃO JOSEMARIA: SUA MENSAGEM TRANSFORMADORA (8) – O QUE É A SANTIDADE

EVANGELHO – Mt 5, 1-12

Naquele tempo: Vendo Jesus as multidões, subiu ao monte e sentou-se.
Os discípulos aproximaram-se, e Jesus começou a ensiná-los:
“Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus.
Bem-aventurados os aflitos, porque serão consolados.
Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra.
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.
Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.
Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus.
Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus.
Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos Céus.
Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e mentindo, disserem todo tipo de mal contra vós, por causa de mim.
Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus.
– Palavra da Salvação
– Glória a vós, Senhor

Olhar para Jesus:
começamos a percorrer agora o Evangelho de São Mateus a partir do capítulo 5. O Evangelho de hoje nos transmite o famoso Sermão da Montanha, pois Jesus o pronunciou no alto de um monte junto ao mar da Galileia.

O Sermão da Montanha é um dos mais belos discursos de Jesus ao longo da sua vida pública. Cada um deles traz uma consolação diante das dificuldades pelas quais passamos nesta vida, principalmente por seguir Jesus Cristo. Vemos como Deus recompensa todos os nossos esforços para amá-lo, quer seja nesta vida ou na outra. Que o Sermão da Montanha seja uma força para permanecermos firmes no seguimento de Cristo sem desviar-nos do caminho.

Continuando a série sobre São Josemaria e a sua mensagem, gostaria de falar melhor hoje sobre a santidade.

O que é ser santo?

Esta é uma boa pergunta que podemos fazer. Muitas vezes as pessoas associam os santos a pessoas que fazem milagres. Não, santo não é aquele que necessariamente faz milagres. Santo é aquele que termina esta vida muito parecido com Cristo. É aquele que termina esta vida com as virtudes, como costumamos dizer, em grau heroico, isto é, num patamar muito chamativo.

Quais são as definições de santidade?

Há muitas formas de definir a santidade, pois podemos olhá-la por diferentes ângulos. Uma definição é esta que dissemos acima: santo é aquele que termina esta vida com as virtudes em grau heroico. Outra definição é esta: santo é aquele que faz sempre a vontade de Deus. Outra definição também é esta: santo é aquele que deu morte por completo a si mesmo, de tal modo que já não é ele quem vive nele, mas Cristo, como dizia São Paulo, “já não sou eu quem vivo, mas é Cristo quem vive em mim”. Isto significa aniquilar toda vontade pessoal para querer e fazer só a vontade de Deus. Outra definição de santidade é esta: santo é aquele que termina esta vida sem nem um apego a nenhuma realidade terrena. Sem nenhum apego aos bens terrenos; ao prazer seja ele qual for, comida, bebida, sexualidade etc; sem nenhum apego ao poder, à fama, ao seu eu etc.

Precisamos ser santos? Sim, não há escapatória. Por quê? Porque só entraremos no Céu sendo santos. Como o Céu é o Reino de Deus e Deus é puríssimo, Ele só admite que pessoas puras estejam no seu reino. Eu costumo brincar fazendo o seguinte raciocínio: imaginem que uma pessoa chata entre no Céu. Acabou o Céu. O Céu era maravilhoso até este momento em que entrou esta pessoa chata. A felicidade do Céu exige nossa pureza, nossa perfeição. Se uma pessoa egoísta ou orgulhosa ou preguiçosa ou invejosa entra no Céu, ela tirará a alegria que reine neste lugar.

Então o desejo de Deus é que terminemos esta vida sendo santos, com as virtudes em grau heroico, fazendo só a vontade dEle, tendo dado morte por completo a nós mesmos, aniquilando toda vontade pessoal, sem nenhum apego a nenhuma realidade terrena.

E o que acontece se morrermos merecendo o Céu mais sem ainda sermos santos? Teremos que passar pelo Purgatório. E é justamente por isto que existe o Purgatório, para terminar de realizar a nossa purificação. Porém, se compararmos o sacrifício que supõe sermos santos aqui na terra, este sacrifício é muitíssimo menor do que o sacrifícios, as penitências que teremos que passar no Purgatório. Por isto, mais vale fazer de tudo para sermos santos aqui na terra do que deixar para a outra vida.

Com relação à santidade, qual é o ensinamento de São Josemaria? São Josemaria foi um instrumento escolhido por Deus para, em primeiro lugar, lembrar que todos nós estamos chamados à santidade. Não só os padres, os religiosos. Mas todos, sem exceção. Em segundo lugar, São Josemaria vem nos dizer que para os que vivemos no meio do mundo, o caminho da santificação é o cumprimento amoroso do nosso dever de cada dia, o cumprimento amoroso de todas as nossas tarefas: familiares, profissionais, sociais etc. E nos diz que todas as realidades devem ser santificadas: quando estamos bem, quando estamos doentes, quando estamos sofrendo uma contradição, uma situação difícil etc. Devemos viver todas as realidades da nossa vida como se Cristo estivesse no nosso lugar. Por último, São Josemaria dizia que a santidade própria de uma pessoa que vive no meio do mundo é uma santidade do ordinário. Que para sermos santos, não precisamos fazer ações como alguns santos faziam: dormir uma hora por noite, comer apenas duas batatas no dia etc. Podemos ser santos fazendo com amor as nossas tarefas de cada dia. Assim o heroísmo será a perseverança no pequeno e não ações extraordinárias.

Lição: que estas considerações sobre a santidade nos ajudem a decidir-nos a buscar a santidade com todas as forças através destas realidades ordinárias de cada dia.

SÃO JOSEMARIA: SUA MENSAGEM TRANSFORMADORA (8) – O QUE É A SANTIDADE

You may also like

BÍBLIA (25): QUEDA DO REINO DO NORTE
EVANGELHO - Mt 10, 24-33 Naquele tempo, disse Jesus aos seus ...
VIRTUDES HUMANAS (17): PACIÊNCIA (7)
EVANGELHO - Mt 10, 16-23 Naquele tempo, disse Jesus aos seus ...
SÃO BENTO: SUA VIDA
EVANGELHO - Mt 10, 7-15 Naquele tempo, disse Jesus aos seus ...
CARIDADE (20): BOM-HUMOR (1)
EVANGELHO - Mt 9, 32-38 Naquele tempo: Apresentaram a Jesus um homem ...
JESUS CRISTO: O AMOR POR ELE (4)
EVANGELHO - Mt 9, 18-26 Enquanto Jesus estava falando, um chefe ...
BÍBLIA (24): PRINCIPAIS PROFETAS (2)
EVANGELHO - Mt 9, 14-17 Naquele tempo, os discípulos de João ...
VIRTUDES HUMANAS (16): PACIÊNCIA (6)
EVANGELHO Mt 9, 9-13 Naquele tempo: Partindo dali, Jesus viu um homem ...
PLANO DA SANTIDADE (14): PENITÊNCIA (1)
EVANGELHO - Mt 9, 1-8 Naquele tempo: Entrando em um barco, Jesus ...
CARIDADE (19): COMPREENDER (4)
EVANGELHO - Mt 8, 23-27 Naquele tempo: Jesus entrou na barca, e seus ...
BÍBLIA (23): PRINCIPAIS PROFETAS (1)
EVANGELHO - Mt 8, 5-17 Naquele tempo: Quando Jesus entrou em ...
Page 1 of 26
Rolar para o topo