DOMINGO DE RAMOS: COMEÇA A SEMANA

EVANGELHO – Mt 26, 14 – 27,66

Hoje o Evangelho é bastante longo, pois narra toda a Paixão de Cristo. Vou ler só o início dele para depois fazer a homilia.

Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus
Naquele tempo: Então um dos Doze, chamado Judas Iscariotes, foi ter com os príncipes dos sacerdotes e perguntou-lhes: Que quereis dar-me e eu vo-lo entregarei. Ajustaram com ele trinta moedas de prata. E desde aquele instante, procurava uma ocasião favorável para entregar Jesus.
No primeiro dia dos Ázimos, os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram-lhe: Onde queres que preparemos a ceia pascal? Respondeu-lhes Jesus: Ide à cidade, à casa de um tal, e dizei-lhe: O Mestre manda dizer-te: Meu tempo está próximo. É em tua casa que celebrarei a Páscoa com meus discípulos. Os discípulos fizeram o que Jesus tinha ordenado e prepararam a Páscoa.
Ao declinar da tarde, pôs-se Jesus à mesa com os doze discípulos. Durante a ceia, disse: Em verdade vos digo: um de vós me há de trair. Com profunda aflição, cada um começou a perguntar: Sou eu, Senhor? Respondeu ele: Aquele que pôs comigo a mão no prato, esse me trairá.
– Palavra da Salvação
– Glória a vós, Senhor

Olhar para Jesus: Hoje começa a famosa Semana Santa. Damos este nome a ela por ser a semana mais esperada por Jesus ao vir à terra. Como Ele disse no início da vida pública, “devo sofrer um batismo e não vejo a hora de que ele chegue”. Aqui Jesus se refere ao batismo de sangue, à sua morte na Cruz. E Jesus não via a hora de morrer na Cruz para nos salvar.

Desde há muitos séculos se criou o costume de ler neste domingo, por começar a Semana Santa, toda a Paixão de Jesus. Na Sexta-Feira Santa também será relida toda a Paixão de Nosso Senhor.

O que ocorrerá nestes dias? Em primeiro lugar, neste próprio domingo Jesus entrará montado num jumentinho na cidade de Jerusalém e será saudado pelos seus habitantes com os ramos das árvores e cantando o Hosana, que é um cântico de louvor.

Jesus, como é Deus, tem tudo pensado. O seu plano é coincidir a Antiga Páscoa com a Nova Páscoa. A festa da Páscoa já existia e nela era comemorada a libertação do povo judeu da escravidão do Egito. O povo judeu havia permanecido 430 anos no Egito, sendo que nos primeiros anos foi bem tratado, pois José, filho de Jacó, era ministro do faraó. Porém os anos foram se passando e eles acabaram por se tornar escravos dos egípcios. Para libertar o povo judeu da escravidão, Deus vai servir-se de Moisés e das 10 pragas para amolecer o coração do faraó. Os judeus naquela época eram num total de 600 mil. A décima praga foi a passagem (Páscoa, pois páscoa significa passagem) do Anjo exterminador, enviado por Deus, matando todos os primogênitos dos egípcios e dos animais dos egípcios numa única noite. Nesta noite, enquanto isso, os judeus fizeram a Ceia Pascal comendo um cordeiro, ervas amargas, e colocaram o sangue do cordeiro nos umbrais das portas para que o Anjo exterminador não passasse nestas casas. Depois da passagem do Anjo, o faraó finalmente permitiu o povo judeu ir embora.

A festa da Páscoa, nesta última semana de Jesus, seria comemorada na sexta-feira. Dias antes as personalidades que chegavam na cidade eram aclamadas pelo povo. Por isso Jesus foi aclamado ao entrar na cidade. Jesus morrendo na Cruz na sexta-feira, faria a nova passagem entre os homens, libertando-os agora de outra escravidão, da grande escravidão que é a do pecado. Esta será a nova Páscoa que comemoramos hoje.

Nestes dias desta semana até quinta-feira, Jesus irá todos os dias ao Templo em Jerusalém para fazer seus últimos ensinamentos e dormirá em Betânia, na casa dos irmãos Marta, Maria e Lázaro, recém ressuscitado.

Na Quinta-Feira Santa será a famosa Ceia Pascal ou Santa Ceia. Terminando a Santa Ceia, Jesus irá ao Horto das Oliveiras para rezar e preparar-se para a sua Paixão. Lá mesmo e nesta noite Ele será preso, julgado pelos judeus e na manhã seguinte, flagelado, coroado de espinhos e crucificado. E no domingo, que será conhecido como Domingo de Páscoa, ressuscitará.

Façamos o propósito de acompanhar de perto estes momentos tão especiais da vida de Jesus, para que cresça o nosso amor por Ele vendo uma entrega indescritível por nós.

DOMINGO DE RAMOS: COMEÇA A SEMANA

You may also like

BÍBLIA (25): QUEDA DO REINO DO NORTE
EVANGELHO - Mt 10, 24-33 Naquele tempo, disse Jesus aos seus ...
VIRTUDES HUMANAS (17): PACIÊNCIA (7)
EVANGELHO - Mt 10, 16-23 Naquele tempo, disse Jesus aos seus ...
SÃO BENTO: SUA VIDA
EVANGELHO - Mt 10, 7-15 Naquele tempo, disse Jesus aos seus ...
CARIDADE (20): BOM-HUMOR (1)
EVANGELHO - Mt 9, 32-38 Naquele tempo: Apresentaram a Jesus um homem ...
JESUS CRISTO: O AMOR POR ELE (4)
EVANGELHO - Mt 9, 18-26 Enquanto Jesus estava falando, um chefe ...
BÍBLIA (24): PRINCIPAIS PROFETAS (2)
EVANGELHO - Mt 9, 14-17 Naquele tempo, os discípulos de João ...
VIRTUDES HUMANAS (16): PACIÊNCIA (6)
EVANGELHO Mt 9, 9-13 Naquele tempo: Partindo dali, Jesus viu um homem ...
PLANO DA SANTIDADE (14): PENITÊNCIA (1)
EVANGELHO - Mt 9, 1-8 Naquele tempo: Entrando em um barco, Jesus ...
CARIDADE (19): COMPREENDER (4)
EVANGELHO - Mt 8, 23-27 Naquele tempo: Jesus entrou na barca, e seus ...
BÍBLIA (23): PRINCIPAIS PROFETAS (1)
EVANGELHO - Mt 8, 5-17 Naquele tempo: Quando Jesus entrou em ...
Page 1 of 24
Rolar para o topo