SANTÍSSIMA TRINDADE: AMAR CADA UMA DAS TRÊS PESSOAS

EVANGELHO – Mt 28, 16-20

Os onze discípulos foram para a Galileia, para a montanha que Jesus lhes tinha designado. Quando o viram, adoraram-no; entretanto, alguns hesitavam ainda.
Mas Jesus, aproximando-se, lhes disse: Toda autoridade me foi dada no céu e na terra.
Ide, pois, e ensinai a todas as nações; batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinai-as a observar tudo o que vos prescrevi. Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo.
– Palavra da Salvação
– Glória a vós, Senhor

Olhar para Jesus:
hoje estamos comemorando esta grande festa, a festa das festas, a festa da Santíssima Trindade.

Não sei se vocês conhecem a história de Santo Agostinho que numa ocasião, andando pela areia da praia, divagava em pensamentos profundos e altíssimos que se elevavam ao céu. Entre seus raciocínios, pensava ele no mistério da Santíssima Trindade.
“Como é que pode haver três Pessoas distintas – Pai, Filho e Espírito Santo – em um mesmo e único Deus?”
Ele avistou, de repente, um menino com um baldinho de madeira, que ia até a água do mar, enchia o seu pequeno balde e voltava, despejando a água em um buraco na areia.
Santo Agostinho, observando atentamente o menino, lhe perguntou:
– O que estás fazendo?
O menino, com grande simplicidade, olhou para Santo Agostinho e respondeu:
– Coloco neste buraco toda a água do mar!
Diante da inocência do menino, o santo lhe sorriu e disse:
– Isto é impossível, menino. Como podes querer colocar toda essa imensidão de água do mar neste pequeno buraco?
O anjo de Deus o olhou então profundamente e lhe disse com voz forte:
– Em verdade, te digo: é mais fácil colocar toda a água do oceano neste pequeno buraco na areia do que a inteligência humana compreender os mistérios de Deus!

O mistério da Santíssima Trindade é o maior mistério da nossa fé. Como um único Deus podem ser três pessoas reais e distintas? Ou como três pessoas reais e distintas podem ser um único Deus? Este é um mistério, assim como outros que vamos entender melhor só quando, com a graça de Deus, formos ao Céu. Mas, para já, o que podemos fazer é ter amor por cada uma das três Pessoas: amar o Pai, amar o Filho e amar o Espírito Santo.

Os cristãos de todos os tempos, à medida que avançavam na sua caminhada para Deus, sentiram a necessidade de meditar nesta verdade fundamental da nossa fé e de relacionar-se com cada uma três Pessoas. Santa Teresa de Jesus conta-nos na sua Vida que, meditando numa das mais antigas fórmulas de fé sobre a Trindade – o chamado Símbolo Atanasiano -, recebeu graças especiais para penetrar nessa maravilhosa realidade: “Certa vez em que rezava o Símbolo Atanasiano – escreve a Santa -, foi-me dado entender com tanta clareza a maneira como era um só Deus e Três Pessoas, que me espantei e fiquei muito consolada. Foi-me muitíssimo proveitoso para conhecer mais a grandeza de Deus e as suas maravilhas. E quando penso na Santíssima Trindade, parece que chego a entender como pode ser desta forma, e tenho nisso grande alegria” (Santa Teresa, Vida, 39, 25).

Toda a vida sobrenatural do cristão orienta-se para esse conhecimento e trato íntimo com a Trindade, que é “o fruto e o fim de toda a nossa vida” (São Tomás, Comentário ao Livro IV das Sentenças, I, d. 2, q. 1, exord.). Fomos criados e elevados à ordem sobrenatural justamente para conhecer, amar e servir a Deus Pai, a Deus Filho e a Deus Espírito Santo. E o mais incrível é que a Santíssima Trindade faça morada na nossa alma em graça. Como Jesus disse, “aquele que me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará e nós viremos a ele e nele faremos morada”. Que maravilha!!! Deus morando na nossa alma!!!

Esta presença cumula de amor e de gozo inefável nossa alma. E é aí, no centro da alma, que devemos acostumar-nos a procurar a Deus nas situações mais diversas da vida. Exclamava São João da Cruz: “Eia, pois, alma formosíssima entre todas as criaturas, que tanto desejas saber o lugar onde está o teu Amado a fim de o buscares e a Ele te unires! Já te foi dito que és tu mesma o aposento onde Ele mora, e o recôndito e o esconderijo em que se oculta. Nisto tens motivos de grande contentamento e alegria, vendo como todo o teu bem e esperança se acha tão perto de ti a ponto de estar dentro de ti; ou, para dizê-lo melhor, não podes estar sem Ele. Vede – diz o Esposo – que o reino de Deus está dentro de vós (Lc 17, 21). E o seu servo, o Apóstolo São Paulo, confirma: Vós – diz – sois templos de Deus (2 Cor 6, 16)”.

Esta alegria da presença da Santíssima Trindade na alma, que os teólogos chamam inabitação, não está reservada somente a pessoas extraordinárias, com carismas e qualidades excepcionais. Destina-se também a todos nós, se bem que, como diz Santa Teresa de Jesus, “há muitas almas que permanecem rondando o castelo (da alma), no lugar onde montam guarda as sentinelas, e nada se lhes dá de penetrar nele. Não sabem o que existe em tão preciosa mansão, nem quem mora dentro dela”. Nessa “preciosa mansão”, na alma que resplandece pela graça, está Deus conosco: o Pai, o Filho e o Espírito Santo.

Quando estamos bem ancorados nesta realidade sobrenatural – o Deus Uno e Trino que habita em nós -, convertemos a vida numa antecipação do Céu.

Lição: Procuremos estar sempre na graça de Deus para desfrutarmos desta presença inefável da Santíssima Trindade na nossa alma e assim vivermos, como dizia São Josemaria, com a cabeça no Céu e os pés na terra.

SANTÍSSIMA TRINDADE: AMAR CADA UMA DAS TRÊS PESSOAS

You may also like

BÍBLIA (25): QUEDA DO REINO DO NORTE
EVANGELHO - Mt 10, 24-33 Naquele tempo, disse Jesus aos seus ...
VIRTUDES HUMANAS (17): PACIÊNCIA (7)
EVANGELHO - Mt 10, 16-23 Naquele tempo, disse Jesus aos seus ...
SÃO BENTO: SUA VIDA
EVANGELHO - Mt 10, 7-15 Naquele tempo, disse Jesus aos seus ...
CARIDADE (20): BOM-HUMOR (1)
EVANGELHO - Mt 9, 32-38 Naquele tempo: Apresentaram a Jesus um homem ...
JESUS CRISTO: O AMOR POR ELE (4)
EVANGELHO - Mt 9, 18-26 Enquanto Jesus estava falando, um chefe ...
BÍBLIA (24): PRINCIPAIS PROFETAS (2)
EVANGELHO - Mt 9, 14-17 Naquele tempo, os discípulos de João ...
VIRTUDES HUMANAS (16): PACIÊNCIA (6)
EVANGELHO Mt 9, 9-13 Naquele tempo: Partindo dali, Jesus viu um homem ...
PLANO DA SANTIDADE (14): PENITÊNCIA (1)
EVANGELHO - Mt 9, 1-8 Naquele tempo: Entrando em um barco, Jesus ...
CARIDADE (19): COMPREENDER (4)
EVANGELHO - Mt 8, 23-27 Naquele tempo: Jesus entrou na barca, e seus ...
BÍBLIA (23): PRINCIPAIS PROFETAS (1)
EVANGELHO - Mt 8, 5-17 Naquele tempo: Quando Jesus entrou em ...
Page 1 of 25
Rolar para o topo