PLANO DA SANTIDADE (12): 3 AVE-MARIAS

EVANGELHO – Jo 17, 20-26

Naquele tempo, Jesus levantou os olhos ao céu e disse: Pai Santo, eu não te rogo somente por eles, mas também por aqueles que vão crer em mim pela sua palavra,
para que todos sejam um como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, e para que eles estejam em nós, a fim de que o mundo creia que tu me enviaste. Eu dei-lhes glória que tu me deste, para que eles sejam um, como nós somos um: eu neles e tu em mim, para que assim eles cheguem à unidade perfeita e o mundo reconheça que tu me enviaste e os amaste, como me amaste a mim. Pai, aqueles que me deste, quero que estejam comigo onde eu estiver, para que eles contemplem a minha glória, glória que tu me deste porque me amaste antes da fundação do universo. Pai justo, o mundo não te conheceu, mas eu te conheci, e estes também conheceram que tu me enviaste.
Eu lhes fiz conhecer o teu nome, e o tornarei conhecido ainda mais, para que o amor com que me amaste esteja neles, e eu mesmo esteja neles”.
– Palavra da Salvação
– Glória a vós, Senhor

Olhar para Jesus:
no Evangelho de hoje Jesus roga ao Pai, entre outras coisas, que todos sejamos um assim como o Pai está em Jesus e Jesus no Pai. Assim, este é o desejo de Deus: que todos nós estejamos profundamente unidos.

De fato, o amor leva à união. O orgulho, por outro lado, leva à desunião. Sou uma pessoa que procuro unir e vivo fazendo esforços neste sentido? Ou sou uma pessoa que atiço mais ainda as diferenças, as injustiças, as raivas? Percebo que esta atitude é fruto do orgulho e não do amor? É muito importante rezarmos diariamente pela unidade nas famílias que se refletirá na unidade entre os povos, entre as nações. E é muito importante lutar diariamente contra o orgulho que é o grande inimigo da união, do amor entre as pessoas.

Dando continuidade à nossa série sobre o Plano da Santidade, na semana passada terminamos de falar sobre a Santa Missa. Hoje vamos falar sobre outra prática espiritual muito recomendada pelos santos que são as 3 Ave-Marias antes de deitar. Qual é a origem desta prática?

Santa Matilde de Hackeborn (1241-1298) teve a graça de presenciar várias aparições de Jesus e de Maria. Apesar da sua vida de penitência como freira beneditina, ela temia o momento da morte. Por isso, rezava a Nossa Senhora pedindo a sua assistência para este momento. E Nossa Senhora, em 1285, lhe apareceu e consolou com esta resposta: “Sim, o farei; mas quero que, por tua parte, rezes para isso, diariamente, três Ave-Marias”. E, Nossa Senhora acrescentou:

“A primeira Ave-Maria é para pedir a mim que, assim como Deus Pai me elevou a um trono de glória sem igual, fazendo de mim a criatura mais poderosa no céu e na terra, da mesma forma eu também te assista durante a tua vida terrena para te fortificar e afastar de ti todo poder do inimigo”.

“A segunda Ave-Maria é para pedir a mim que, assim como o Filho de Deus me concedeu a sabedoria em tal extremo que tenho mais conhecimento da Santíssima Trindade que todos os santos, assim eu te assista na hora da morte para encher a tua alma das luzes da fé e da verdadeira sabedoria, e não sejas obscurecida pelas trevas do erro e da ignorância”.

“A terceira Ave-Maria é para pedir a mim que, assim como o Espírito Santo me concedeu as doçuras do seu amor e me fez tão amável que depois de Deus sou a criatura mais doce e misericordiosa que existe, assim eu te assista na hora da morte, para encher a tua alma de uma grande suavidade do amor divino de tal forma que toda pena e amargura da morte seja transformada para ti em delícias de amor”.

Santa Gertrudes, que foi outra religiosa contemporânea à Santa Matilde, também teve uma visão com a mesma revelação.

Numa ocasião, às vésperas da festa da Anunciação, e ao cantar a Ave Maria, Santa Gertrudes viu, de repente, emergindo do Coração do Pai, do Filho e o Espírito Santo três fontes de água que penetravam no Coração de Maria Santíssima.

Neste instante, ela ouviu uma voz que lhe disse: “Depois do poder do Pai, da sabedoria do Filho e da ternura misericordiosa do Espírito Santo, nada se compara ao poder, sabedoria e ternura misericordiosa de Maria”. Depois ouviu a voz de Nossa Senhora prometendo-lhe que quem rezar diariamente as três Ave Marias, receberá seu auxílio durante a vida e uma especial assistência no momento de sua morte. E que na hora da morte ela se apresentará a nós com um brilho e uma beleza tão grande que só de a vermos, receberemos o consolo e as alegrias do Céu.

Além destas santas, outros santos foram especiais difusores desta devoção, como Santo Afonso Maria de Ligório, que aconselhava com muita frequência esta bela prática de piedade. São João Bosco a recomendava aos jovens. Também a recomendava São Pio de Pietrelcina que numa ocasião disse que muitos se converteram só por praticar essa devoção.

Com o tempo esta prática foi se difundindo entre os fiéis e é uma maneira de recorrermos diariamente a Nossa Senhora junto com o terço e a oração do Angelus ao meio-dia.

Lição: os santos são unânimes em dizer que se recorremos a Nossa Senhora, recebemos muitas e muitas graças. Se queremos ser santos, percorrer um caminho que nos conduza à santidade, nada melhor do que acudir diariamente à intercessão desta mãe tão poderosa.

PLANO DA SANTIDADE (12): 3 AVE-MARIAS

You may also like

PLANO DA SANTIDADE (14): PENITÊNCIA (1)
EVANGELHO - Mt 9, 1-8 Naquele tempo: Entrando em um barco, Jesus ...
SÃO TOMÉ APÓSTOLO: SUA VIDA
EVANGELHO - Jo 20, 24-29 Tomé, chamado Dídimo, que era um dos doze, ...
NOSSA SENHORA: IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA
EVANGELHO - Lc 2, 41-51 Os pais de Jesus iam todos os anos a ...
JESUS CRISTO: SEU SAGRADO CORAÇÃO
EVANGELHO - Jo 19, 31-37 Os judeus temeram que os corpos ficassem na ...
NOSSA SENHORA: MÃE DA IGREJA
EVANGELHO - Jo 19, 25-34 Naquele tempo, perto da cruz de Jesus, ...
ESPÍRITO SANTO: FESTA DE PENTECOSTES
EVANGELHO - Jo 20, 19-23 Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da ...
BÍBLIA (19): REI DAVI (2)
EVANGELHO - Jo 21, 20-25 Naquele tempo: Pedro virou-se e viu atrás de ...
VIRTUDES HUMANAS (13): PACIÊNCIA (3)
EVANGELHO - Jo 21, 15-19 Jesus manifestou-se aos seus discípulos e, ...
DOUTRINA (13): JESUS CRISTO (1)
EVANGELHO - Jo 17, 11b-19 Naquele tempo: Jesus ergueu os olhos ao céu ...
Page 1 of 23
Rolar para o topo