DOUTRINA (13): JESUS CRISTO (1)

EVANGELHO – Jo 17, 11b-19

Naquele tempo: Jesus ergueu os olhos ao céu e disse: “Pai santo, guarda-os em teu nome, o nome que me deste, para que eles sejam um assim como nós somos um.
Quando eu estava com eles, guardava-os em teu nome, o nome que me deste. Eu guardei-os e nenhum deles se perdeu, a não ser o filho da perdição, para se cumprir a Escritura. Agora, eu vou para junto de ti, e digo estas coisas, estando ainda no mundo, para que eles tenham em si a minha alegria plenamente realizada.
Eu lhes dei a tua palavra, mas o mundo os rejeitou, porque não são do mundo, como eu não sou do mundo. Não te peço que os tires do mundo, mas que os guardes do Maligno. Eles não são do mundo, como eu não sou do mundo. Consagra-os na verdade; a tua palavra é verdade. Como tu me enviaste ao mundo, assim também eu os enviei ao mundo. Eu me consagro por eles, a fim de que eles também sejam consagrados na verdade”.
– Palavra da Salvação
– Glória a vós, Senhor

Olhar para Jesus:
queria me deter nestas palavras de Jesus no Evangelho de hoje: “Eu guardei-os e nenhum deles se perdeu, a não ser o filho da perdição, para se cumprir a Escritura”.

Deus foi preparando a sua vinda à terra com todo o cuidado. Tudo o que Deus faz é perfeitíssimo. Parte desta preparação foi através das profecias para que quando viesse o Salvador, víssemos nele o cumprimento de dezenas e dezenas de profecias. Desta forma ficamos com uma certeza maior da sua divindade. Um Messias sem respaldo em profecias fica mais sujeito a dúvidas com relação à sua idoneidade e à sua procedência.

Dando continuidade ao estudo da Doutrina Católica, na última vez terminamos de falar sobre o pecado original. Hoje vamos falar, continuando às verdades contidas no Credo, sobre o segundo e terceiro artigos do Credo.

Dize o segundo artigo do Credo.
E em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor.

Quem é Jesus Cristo?
Jesus Cristo é a segunda Pessoa da Santíssima Trindade, o Filho de Deus feito homem.

Quem é o pai de Jesus Cristo?
O pai de Jesus Cristo é somente o Pai Eterno, isto é, a primeira pessoa da Santíssima Trindade.

Não teve Jesus Cristo também um pai na terra?
Não; Jesus Cristo não teve pai na terra, mas somente mãe, que é a Virgem Maria. São José foi pai adotivo de Jesus e esposo de Maria Santíssima.

Dize o terceiro artigo do Credo.
Que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria.

Como se fez homem o Filho de Deus?
O Filho de Deus se fez homem tomando corpo e alma humanos nas puríssimas entranhas da Virgem Maria, por obra do Espírito Santo.

Como se chama este mistério?
Chama-se o mistério da Encarnação.

Quando se fez homem, o Filho de Deus deixou de ser Deus?
Não; quando o Filho de Deus se fez homem não deixou de ser Deus; permaneceu verdadeiro Deus e começou a ser também verdadeiro homem.

Então quantas naturezas há em Jesus Cristo?
Em Jesus Cristo há duas naturezas distintas: a natureza divina e a natureza humana.

Há também duas pessoas em Jesus Cristo?
Não; em Jesus Cristo há uma só pessoa, que é a do Filho de Deus, segunda pessoa da Santíssima Trindade.

Para que se fez homem o Filho de Deus?
O Filho de Deus se fez homem para nos salvar.

Onde nasceu Jesus Cristo?
Jesus Cristo nasceu em Belém e foi colocado num presépio.

Quantos anos viveu Jesus Cristo?
Jesus Cristo viveu trinta e três anos.

A Santíssima Virgem pode chamar-se Mãe de Deus?
A Santíssima Virgem pode e deve chamar-se Mãe de Deus, porque é Mãe de Jesus Cristo, que é Deus.

Maria, sendo mãe, ficou sempre virgem?
Sim; por especial graça de Deus, Maria foi virgem antes do parto, virgem no parto e virgem depois do parto.

Lição: como nos faz bem conhecer com maior profundidade o mistério de Jesus Cristo e o mistério de Nossa Senhora. É assombroso para nós saber que a pessoa de Jesus é a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade e que Jesus possui duas naturezas, a divina e a humana. Assim ao ler a vida de Cristo, temos que vê-lo enquanto Deus e enquanto homem. Por exemplo: enquanto Deus não pode sofrer, mas enquanto homem, sim. Enquanto Deus, sabe tudo, mas enquanto homem, seu conhecimento foi progredindo à medida que crescia em idade. Enquanto Deus não tem fome, mas enquanto homem, tem. Nossa Senhora também para nós é um grande mistério, principalmente a sua santidade, pois a Igreja diz que ela nasceu com mais graças do que todos os anjos e santos juntos. Não dá nem para imaginar o seu grau de santidade, de união com Deus. Que tenhamos sede de aprofundar nestes mistérios tão maravilhosos da nossa fé.

DOUTRINA (13): JESUS CRISTO (1)

You may also like

DOUTRINA (15): NOVÍSSIMOS
EVANGELHO - Mt 10, 1-7 Naquele tempo: Jesus chamou os doze discípulos ...
JESUS CRISTO: O AMOR POR ELE (4)
EVANGELHO - Mt 9, 18-26 Enquanto Jesus estava falando, um chefe ...
SÃO TOMÉ APÓSTOLO: SUA VIDA
EVANGELHO - Jo 20, 24-29 Tomé, chamado Dídimo, que era um dos doze, ...
DOUTRINA (14): JESUS CRISTO (2)
EVANGELHO - Mt 7, 15-20 Naquele tempo, disse Jesus aos seus ...
JESUS CRISTO: SEU SAGRADO CORAÇÃO
EVANGELHO - Jo 19, 31-37 Os judeus temeram que os corpos ficassem na ...
NOSSA SENHORA: MÃE DA IGREJA
EVANGELHO - Jo 19, 25-34 Naquele tempo, perto da cruz de Jesus, ...
ESPÍRITO SANTO: FESTA DE PENTECOSTES
EVANGELHO - Jo 20, 19-23 Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da ...
BÍBLIA (19): REI DAVI (2)
EVANGELHO - Jo 21, 20-25 Naquele tempo: Pedro virou-se e viu atrás de ...
VIRTUDES HUMANAS (13): PACIÊNCIA (3)
EVANGELHO - Jo 21, 15-19 Jesus manifestou-se aos seus discípulos e, ...
PLANO DA SANTIDADE (12): 3 AVE-MARIAS
EVANGELHO - Jo 17, 20-26 Naquele tempo, Jesus levantou os olhos ao céu ...
Page 1 of 25
Rolar para o topo