ORAÇÃO MENTAL: SUBIR O MONTE TABOR

EVANGELHO – Lc 9, 28b-36

Naquele tempo: Jesus levou consigo Pedro, João e Tiago, e subiu à montanha para rezar. Enquanto rezava, seu rosto mudou de aparência e sua roupa ficou muito branca e brilhante. Eis que dois homens estavam conversando com Jesus: eram Moisés e Elias. Eles apareceram revestidos de glória e conversavam sobre a morte, que Jesus iria sofrer em Jerusalém. Pedro e os companheiros estavam com muito sono. Ao despertarem, viram a glória de Jesus e os dois homens que estavam com ele. E quando estes homens se iam afastando, Pedro disse a Jesus: “Mestre, é bom estarmos aqui. Vamos fazer três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias”. Pedro não sabia o que estava dizendo. Ele estava ainda falando, quando apareceu uma nuvem que os cobriu com sua sombra. Os discípulos ficaram com medo ao entrarem dentro da nuvem. Da nuvem, porém, saiu uma voz que dizia: “Este é o meu Filho, o Escolhido. Escutai o que ele diz”! Enquanto a voz ressoava, Jesus encontrou-se sozinho. Os discípulos ficaram calados e naqueles dias não contaram a ninguém nada do que tinham visto.
– Palavra da Salvação
– Glória a vós, Senhor

Olhar para Jesus:
Como dissemos, comemoramos hoje a festa da Transfiguração do Senhor. A Transfiguração do Senhor foi o dia em que Jesus subiu o Monte Tabor e mostrou a sua glória aos três discípulos mais íntimos, Pedro, Tiago e João, a fim de prepará-los para a iminente paixão. Cumpria-se assim, o anúncio feito dias antes: “Em verdade vos digo: alguns dos que estão aqui presentes não provarão a morte, sem antes terem visto o Reino de Deus” (Lucas 9, 27).

A montanha representa na Bíblia a proximidade com Deus. Numa montanha, Moisés e Elias tiveram conversas íntimas com o Senhor (cfr. Êxodo 24 e 1 Reis 19). E, justamente eles, aparecem na Transfiguração junto com Jesus. Eles representam a Lei e os Profetas que juntos com Deus formam o pilar da religião.

Um ensinamento que podemos tirar ao considerar a Transfiguração do Senhor é a importância da oração mental, que é a oração em que dialogamos com Deus, pois Deus se transfigura para nós quando subimos ao alto da montanha, quando paramos tudo para conversar com Ele.

A oração mental se distingue da oração vocal, que é aquela feita da recitação de orações como o terço, a oração ao Anjo da Guarda, o Pai-Nosso etc. A oração vocal também é muito importante e traz muitas graças para a nossa alma. Mas, como qualquer relacionamento humano, não pode faltar o diálogo onde se estreita a amizade, onde um conhece melhor o outro, onde um se sintoniza com o outro etc.

Imaginem ter um encontro marcado com Jesus Cristo todos os dias de 15 minutos? Não seria maravilhoso? Não sairíamos dela com o rosto brilhante como Moisés quando conversava à sós com Deus no tabernáculo?

Deus quer Transfigurar-se para nós, quer inundar-nos com sua glória, com seu amor, com sua sabedoria. Mas para isso precisamos entrar no Tabernáculo como Moisés. Recolher-nos e estarmos à sós com Ele. Imaginem quantas coisas Jesus tem a dizer-nos, sendo que Ele é quem nos criou, nos colocou aqui na terra, nos deu todos os talentos que temos etc, e nos ama com um amor inimiginável. Qual é o desejo de Deus? Fazer-nos felizes aqui na terra e infinitamente felizes no Céu. E para isto Ele nos conduzirá à santidade.

Mas nada disso se consegue sem o silêncio, sem um tempo reservado para Deus no nosso dia, sem que subamos a montanha do monte Tabor, o monte da Transfiguração.

Sem esse momento, perdemos o eixo da nossa vida, começamos, como dizemos, “a patinar”, dar voltas sem sair do lugar. Sem esse momento, não entramos em sintonia com Deus para alinhar a sua vontade com a nossa. Sem esse momento, entramos no automático parecendo um robô. Sem esse momento perdemos a alegria, o brilho da nossa vida por não estarmos em contato com a glória de Deus. Sem este momento ficamos sem Aquele que dá sentido à nossa vida, e a grande força para viver.

Pedro, imerso na glória de Deus dirá: “Mestre, é bom estarmos aqui. Vamos fazer três tendas”. Pedro estava imerso naquel que é tudo para nós. Queria reter aquele instante de felicidade para sempre.

Que tenhamos sede de subir à montanha do Tabor. Que este momento à sós com Deus seja o momento mais importante do nosso dia.

Lição: Estabelecer um momento no dia em que faremos esta oração mental. Que não a encaixemos no dia, pois o que devemos encaixar é o dia e não a glória de Jesus Transfigurado diante de nós.

ORAÇÃO MENTAL: SUBIR O MONTE TABOR

You may also like

POBREZA: DESPRENDIMENTO; QUARESMA
EVANGELHO - Lc 16, 19-31 Naquele tempo, Jesus disse aos fariseus: ...
CARIDADE: ALGUNS PONTOS DE EXAME; QUARESMA
EVANGELHO - Lc 6, 36-38 Naquele tempo, disse Jesus aos seus ...
CONVERSÃO: A QUARESMA É O TEMPO FAVORÁVEL
EVANGELHO - Lc 11, 29-32 Naquele tempo: Quando as multidões se ...
AMOR DE DEUS: AMA SEUS FILHOS PECADORES
EVANGELHO - Lc 5, 27-32 Naquele tempo: Jesus viu um cobrador de ...
NOSSA SENHORA: NOSSA MÃE
EVANGELHO – Lc 2, 16-21 Naquele tempo: Os pastores foram às pressas a ...
SAGRADA FAMÍLIA: MODELO DE TODAS AS FAMÍLIAS
EVANGELHO - Lc 2,22-40 Quando se completaram os dias para a ...
CONFIANÇA EM DEUS: DEUS SEMPRE CUMPRE SUAS PROMESSAS
EVANGELHO - Lc 2, 22-35 Quando se completaram os dias para a ...
NATAL: ENCHER DE AMOR O MENINO-JESUS
EVANGELHO - Lc 1, 26-38 Naquele tempo: O anjo Gabriel foi enviado por ...
Page 2 of 21
Rolar para o topo