SANTIDADE: URGÊNCIA, VIGIAI

EVANGELHO Forma breve – Lc 12, 35-40

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: “Não tenhais medo, pequenino rebanho, pois foi do agrado do Pai dar a vós o Reino. Vendei vossos bens e dai esmola. Fazei bolsas que não se estraguem, um tesouro no céu que não se acabe; ali o ladrão não chega nem a traça corrói. Porque onde está o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. Que vossos rins estejam cingidos e as lâmpadas acesas. Sede como homens que estão esperando seu senhor voltar de uma festa de casamento, para lhe abrirem, imediatamente, a porta, logo que ele chegar e bater. Felizes os empregados que o senhor encontrar acordados quando chegar. Em verdade eu vos digo: Ele mesmo vai cingir-se, fazê-los sentar-se à mesa e, passando, os servirá. E caso ele chegue à meia-noite ou às três da madrugada, felizes serão, se assim os encontrar!
Mas ficai certos: se o dono da casa soubesse a hora em que o ladrão iria chegar, não deixaria que arrombasse a sua casa. Vós também ficai preparados! Porque o Filho do Homem vai chegar na hora em que menos o esperardes”.
– Palavra da Salvação
– Glória a vós, Senhor

Olhar para Jesus:
Jesus nos diz no Evangelho de hoje para termos os rins cingidos, as lâmpadas acesas, e para fazermos como os homens que esperam o seu senhor quando volta das bodas, para que, quando vier e bater à porta, loga lha abram.

“Cingir os rins” é uma metáfora baseada nos costumes dos hebreus, e em geral de todos os habitantes do Oriente Médio, que cingiam as suas amplas vestes antes de começarem uma viagem para poderem caminhar sem dificuldade. No relato do Êxodo, narra-se como Deus queria que os israelitas celebrassem o sacrifício da Páscoa: Cingireis os vossos rins e tereis as sandálias nos pés e o cajado na mão, porque ia começar a peregrinação até à Terra Prometida. Do mesmo modo, ter as lâmpadas acesas indica uma atitude atenta, própria de quem espera a chegada de alguém.

O Senhor recomenda-nos uma vez mais que a nossa atitude seja como a daquele que está a ponto de começar uma viagem ou de quem espera uma pessoa importante. Ou seja: que estejamos numa postura de vigilância. E isto porque Deus pode nos chamar a qualquer hora à sua presença.

Normalmente nós não pensamos na morte e achamos que ela ocorrerá lá na frente. E, não é verdade, ela pode ocorrer a qualquer momento. Se Deus me chamasse hoje, será que estaria preparado para ir ao seu encontro?

Como Deus quer nos encontrar na hora da morte? Na sua graça e prontos para ir ao Céu.

Em primeiro lugar, na sua graça. Ou seja: com a alma livre de pecados mortais. Quem morre em pecado mortal e não se arrepende dele se autoexclui de viver para sempre com Deus no seu reino. Ou se autocondena para o Inferno. Se queremos amar a Deus, temos que estar longe desta situação chamada de impenitência final ou não arrependimento dos seus pecados mortais na hora da morte. Então, o estado de vigilância que Jesus nos diz é estar de modo permanente na sua graça e, se tivermos a infelicidade de cair num pecado mortal, procurar a confissão quanto antes.

Em segundo lugar, Deus quer nos encontrar preparados para ir ao Céu. Ou seja: que não só não estejamos em estado de pecado mortal como estejamos em estado de santidade, pois só os santos entram no Céu. Deus quer que entremos no Céu puros, sem nenhuma má inclinação no coração. Primeiro porque estaremos diante dEle que é a Pureza Infinita e, segundo, porque, costumo brincar, se entra uma pessoa com alguma má inclinação no Céu, acabou o Céu. Imaginem entrando no Céu uma pessoa chata. Acabou o Céu! Não dá. Por isso, Jesus diz: Sede como homens que estão esperando seu senhor voltar de uma festa de casamento, para lhe abrirem, imediatamente, a porta, logo que ele chegar e bater. Felizes os empregados que o senhor encontrar acordados quando chegar. Em verdade eu vos digo: Ele mesmo vai cingir-se, fazê-los sentar-se à mesa e, passando, os servirá. E caso ele chegue à meia-noite ou às três da madrugada, felizes serão, se assim os encontrar! O abrir imediatamente a porta ao senhor e o estar acordado, significam estar pronto para entrar no Céu.

Lição: Lutemos com todas as forças para sermos santos aqui na terra, pensando que a santidade é sinônimo de felicidade. Quanto mais crescermos em santidade, mais felizes seremos.

SANTIDADE: URGÊNCIA, VIGIAI

You may also like

SÃO JOÃO BATISTA: SUA VIDA
EVANGELHO - Lc 1, 57-66.80 Completou-se o tempo da gravidez de Isabel, ...
SÃO JOSEMARIA: SUA MENSAGEM TRANSFORMADORA (8) – O QUE É A SANTIDADE
EVANGELHO - Mt 5, 1-12 Naquele tempo: Vendo Jesus as multidões, subiu ...
EUCARISTIA: CORPUS CHRISTI (2)
EVANGELHO - Lc 1, 39-56 Naqueles dias, Maria partiu para a região ...
SÃO JOSEMARIA: SUA MENSAGEM TRANSFORMADORA (3)
EVANGELHO - Mc 10, 1-12 Naquele tempo: Jesus foi para o território da ...
OTIMISMO: SEU FUNDAMENTO NA FÉ (I)
EVANGELHO - Lc 24, 35-48 Naquele tempo, os dois discípulos contaram o ...
NOSSA SENHORA: FESTA DA ANUNCIAÇÃO
EVANGELHO - Lc 1, 26-38 Naquele tempo: O anjo Gabriel foi enviado por ...
ESPERANÇA (5): AMOR CARINHOSO DE DEUS
EVANGELHO - Lc 24, 35-48 Naquele tempo: Os dois discípulos contaram o ...
ESPERANÇA (4): VISÃO SOBRENATURAL
EVANGELHO - Lc 24, 13-35 Naquele mesmo dia, o primeiro da semana, dois ...
Page 1 of 23
Rolar para o topo