JESUS CRISTO (6): 15 MINUTOS COM JESUS


EVANGELHO – Lc 17, 1-6

Naquele tempo: Jesus disse a seus discípulos: “É inevitável que aconteçam escândalos. Mas ai daquele que produz escândalos! Seria melhor para ele que lhe amarrassem uma pedra de moinho no pescoço e o jogassem no mar, do que escandalizar um desses pequeninos. Prestai atenção: se o teu irmão pecar, repreende-o. Se ele se converter, perdoa-lhe. Se ele pecar contra ti sete vezes num só dia, e sete vezes vier a ti, dizendo: “Estou arrependido”, tu deves perdoá-lo”. Os apóstolos disseram ao Senhor: “Aumenta a nossa fé!” O Senhor respondeu: “Se vós tivésseis fé, mesmo pequena como um grão de mostarda, poderíeis dizer a esta amoreira: “Arranca-te daqui e planta-te no mar”, e ela vos obedeceria.
– Palavra da Salvação
– Glória a vós, Senhor

Olhar para Jesus:
Jesus diz no Evangelho de hoje: “se (teu irmão; ele) pecar contra ti sete vezes num só dia, e sete vezes vier a ti, dizendo: “Estou arrependido”, tu deves perdoá-lo”.

Hoje é um bom dia para pensar se há alguém que ainda não perdoamos. Como já disse outras vezes, o número sete era o número da perfeição. Perdoar sete vezes significa perdoar sempre. Para perdoar, ajuda-nos pensar o que dizia São Josemaria: “muito mais Deus tem perdoado a nós”. É verdade! Quantas e quantas ofensas Deus já nos perdoou. Imaginem se Deus fizesse como nós: “já chega, não perdoo mais!” Graças a Deus, Deus não é assim. Sejamos humildes e perdoemos sempre, sempre!

Continuando a nossa série sobre Jesus, a partir de agora a ideia será trazer textos que nos ajudem a amar Nosso Senhor.

O texto que gostaria de trazer hoje é um texto famoso, porém de autoria desconhecida. Chama-se “15 minutos com Jesus Sacramentado”. É um texto que nos ajuda a perceber como Jesus nos ama e quer ser nosso maior Amigo. Este texto pode ser utilizado para conversarmos diariamente com Deus. Fiz algumas pequenas adaptações. Coloquei no final do texto da homilia no meu site app.fecomvirtudes.com.br o link para ele. Vejamos.

* * *

Não é necessário, meus filhos, saber muito para agradar-me muito, basta que me ames com fervor. Fala-me, pois, com simplicidade, como falarias com o mais íntimo dos teus amigos ou como falaria com a tua mãe ou com teu irmão.

I – PRECISAS PEDIR-ME ALGUMA COISA EM FAVOR DE ALGUÉM?

Diga-me o seu nome, quer sejam teus pais, teus irmãos e amigos: Diga-me em seguida o que querias que Eu fizesse em favor deles hoje.

Pede muito, muito; não deixes de pedir, agradam-me os corações generosos, que chegam a esquecer-se de si próprios para atender às necessidades alheias.

Pede-me com a simplicidade, com franqueza: os pobres que queres consolar, os doentes que queres aliviar, os extraviados que desejas reconduzir ao bom caminho, os amigos ausentes que queres ver novamente ao teu lado. Recorde que prometi ouvir todas as súplicas que saírem do teu coração.

II – E PARA TI, NÃO NECESSITAS TAMBÉM DE ALGUMA GRAÇA?

Se quiseres, faz uma lista das tuas necessidades e lê-as na minha presença. Diga-me francamente que sente em ti soberba, amor à sensualidade e ao conforto, que talvez sejas egoísta, inconstante, negligente… E pede-me depois que venha em auxílio dos teus esforços.

Não te envergonhes. No céu há tantos justos, tantos santos de primeira ordem, que tiveram esses mesmos defeitos! Mas pediram com humildade…, e pouco a pouco viram-se livres deles.

E, também, não duvides em pedir-me bens temporais: saúde, memória, bom êxito nos teus trabalhos, negócios ou estudos; tudo isso posso dar-te e o dou desde que não se oponha à tua santificação.

III – E POR MIM? NÃO SENTES DESEJOS DE ME DAR GLÓRIA?

Não sentes o desejo de amar-me mais, de ser mais fiel aos meus mandamentos?

IV – POR ACASO SENTES TRISTEZA OU MAU HUMOR?

Conta-me as tuas tristezas com todos os pormenores. Quem te feriu? Quem te ofendeu? Quem te desprezou?

Aproxima-te do meu coração, que tem um remédio eficaz para curar todas as feridas do teu coração. Conta-me tudo!

Porventura tens medo? Sentes em tua alma aquelas melancolias que, mesmo que possam ser infundadas, nem por isso são menos angustiantes? Lança-te nos braços da minha Providência. Estou contigo: tu me tens a teu lado; vejo tudo, ouço tudo, não te desamparo em nenhum momento.

V – E NÃO TENS ALGUMA ALEGRIA E CONSOLAÇÃO QUE QUEIRAS COMUNICAR-ME?

Por que não me tornas participante delas, como bom amigo teu?

Conta-me o que te consolou e fez como que sorrir o teu coração desde ontem, desde a última visita que me fizeste. Talvez tenhas tido surpresas agradáveis, talvez tenhas visto dissiparam-se uns negros receios, talvez tenhas recebido notícias alegres, algumas palavras ou sinal de carinho, ou então venceste alguma dificuldade, saíste bem de um apuro. Tudo isso é obra minha, e Eu dispus isso em teu favor. Por que não hás de manifestar-me a tua gratidão por isto e dizer-me simplesmente como um filho ao seu pai: obrigado, meu pai, infinitamente obrigado?

Não terás também algum propósito a me fazer? Não queres, por exemplo, tomares a firme resolução de não te expores mais àquela ocasião de pecado? De te privares daquelas imagens que não te fizeram bem?

Pois bem, meu filho, volta às tuas ocupações de costume, ao trabalho, à família, ao estudo… Mas não esqueças os quinze minutos de grata conversação que tivemos aqui, nós dois, na solidão do teu quarto, da igreja.

Sempre que puderes guardar silêncio e tenha caridade com o próximo. Ama a minha Mãe, que também é tua Mãe, e volta outra vez amanhã, com o coração mais amoroso ainda.

Lição: que este texto tão bonito sirva como guia para vocês conversarem com Jesus, para crescer na intimidade com Ele e que Ele vá sendo, pouco a pouco, a razão de ser da nossa vida.

Lição: que estas palavras deste texto nos ajudem a conversar com Jesus e a aprener a conversar com Ele. E que este diálogo seja ao longo de todo o dia, sabendo reservar um momento diário também só para isso.
* * *
https://app.fecomvirtudes.com.br/15-minutos-com-jesu-sacramentado/

JESUS CRISTO (6): 15 MINUTOS COM JESUS

You may also like

JESUS CRISTO (5): PORTE EXTERIOR (2)
EVANGELHO - Lc 13, 10-17 Naquele tempo: Jesus estava ensinando numa ...
JESUS CRISTO (3): QUEM ELE É (3)
EVANGELHO - Lc 12, 13-21 Naquele tempo, alguém, do meio da multidão, ...
JESUS CRISTO (4): PORTE EXTERIOR (1)
EVANGELHO - Lc 8, 16-18 Naquele tempo, disse Jesus à multidão: Ninguém ...
JESUS CRISTO (2): QUEM ELE É? (2)
EVANGELHO - Lc 7, 1-10 Naquele tempo: Quando acabou de falar ao povo ...
JESUS CRISTO: NÃO PODE SE SEPARAR DA CRUZ
EVANGELHO - Mt 16, 21-27 Naquele tempo: Jesus começou a mostrar a seus ...
JESUS CRISTO (1): QUEM ELE É? (1)
EVANGELHO - Mt 17, 22-27 Naquele tempo: Quando Jesus e os seus ...
JESUS CRISTO: BOIAR NO SEU COLO
EVANGELHO - Mt 14, 22-36 Depois que a multidão comera até saciar-se, ...
JESUS CRISTO: O NOSSO TESOURO
EVANGELHO - Mt 13, 44-52 Naquele tempo, disse Jesus à multidão: "O ...
JESUS: OS BENS TERRENOS ME AFASTAM DELE?
EVANGELHO - Mt 8, 28-34 Naquele tempo: Quando Jesus chegou à outra ...
SACRÁRIO: ENCONTRAR NELE NOSSO MELHOR AMIGO, JESUS
EVANGELHO - Mt 5, 43-48 Naquele tempo, disse Jesus aos seus ...

Page 2 of 6

Rolar para o topo