SANTOS: IMITÁ-LOS DANDO A VIDA POR CRISTO E RECORRER À SUA INTERCESSÃO


EVANGELHO – Lc 6, 12-19

Naqueles dias, Jesus foi à montanha para rezar. E passou a noite toda em oração a Deus. Ao amanhecer, chamou seus discípulos e escolheu doze dentre eles, aos quais deu o nome de apóstolos: Simão, a quem impôs o nome de Pedro, e seu irmão André; Tiago e João; Filipe e Bartolomeu; Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, chamado Zelota; Judas, filho de Tiago, e Judas Iscariotes, aquele que se tornou traidor. Jesus desceu da montanha com eles e parou num lugar plano. Ali estavam muitos dos seus discípulos e grande multidão de gente de toda a Judeia e de Jerusalém, do litoral de Tiro e Sidônia. Vieram para ouvir Jesus e serem curados de suas doenças. E aqueles que estavam atormentados por espíritos maus também foram curados. A multidão toda procurava tocar em Jesus, porque uma força saía dele, e curava a todos.
– Palavra da salvação.
– Glória a vós, Senhor

Olhar para Jesus:
Nesta festa de São Simão e São Judas Tadeu, gostaria de falar um pouco sobre São Judas que foi um dos doze Apóstolos, assim como São Simão.

São Judas Tadeu era natural de Caná de Galileia, na Palestina. Seu pai se chamava Alfeu (ou Cleofas) e, sua mãe, Maria Cleofas. Seus quatro irmãos eram: Tiago (Apóstolo, o Menor), José, Simão e Maria Salomé.

Eram parentes de Jesus. O pai era irmão de São José; a mãe prima-irmã de Maria Santíssima. Portanto, Judas Tadeu era primo de Jesus, tanto pela parte do pai como da mãe.

O relacionamento da família de Judas Tadeu com o próprio Jesus Cristo, pelo que se depreende da Bíblia é o seguinte:

Alfeu (Cleofas) era um dos discípulos a quem Jesus apareceu no caminho de Emaús, no dia da ressurreição. Maria Cleofas, uma das piedosas mulheres que tinham seguido a Jesus desde a Galileia e permaneceram ao pé da cruz, no Calvário.

Dos irmãos dele, Tiago foi um dos doze apóstolos, chamado o Menor, que se tornou o primeiro bispo de Jerusalém. José, apenas conhecido como o Justo. Simão foi o segundo bispo de Jerusalém, após Tiago. E Maria Salomé, a única irmã, foi mãe dos apóstolos Tiago Maior e João evangelista.

Por um historiador grego, sabemos que São Judas Tadeu iniciou, depois de recebido o Espírito Santo, a pregação de Jesus, na Galileia. Passou para a Samaria e a Idumeia e outras localidades de população judaica.

Depois do ano 50 foi evangelizar a Mesopotâmia, Síria, Armênia e Pérsia. Neste país, recebeu a companhia de outro apóstolo, São Simão. Além de pregar a Palavra de Deus, Judas Tadeu dava o testemunho através do seu exemplo. Essa coerência de fé e de vida impressionou vivamente os pagãos que se convertiam ao Evangelho de Jesus, por meio do Apóstolo. Isso provocou a fúria invejosa dos falsos pregadores, de feiticeiros e de ministros pagãos. De tal modo eles conseguiram incitar parte da população contra os Apóstolos, que os trucidaram a golpes de cacetes, lanças e machados. Isso, ocorreu por volta do ano 70.

A imagem de São Judas tem o livro na mão que é a Palavra de Deus que ele pregou e a machadinha com a qual foi morto.

Os poucos dados históricos mostram que os primeiros cristãos veneravam com amor e admiração o apóstolo e mártir são Judas Tadeu, particularmente na Ásia Menor, pois ergueram uma igreja especial em sua honra, na Babilônia. E quando os muçulmanos invadiram a região, no século VII, cuidadosamente guardaram o corpo do seu padroeiro em Jerusalém.

A devoção dos povos orientais tem sua razão de ser, porque São Judas os evangelizou e, entre eles, consumou o martírio.

O reaparecimento da devoção a São Judas Tadeu parece dever-se a santa Brígida. Conta-se em sua biografia que o próprio Jesus lhe apareceu, aconselhando-a a invocar São Judas Tadeu até nos casos mais desesperados. Donde a fé do povo na especial intercessão do santo nos casos desesperados.

Também um monge cistercense, de nome Cesaréio de Heisterbach (Alemanha), relata como uma senhora, às voltas com angustiante problema, preparou 12 cédulas com o nome dos apóstolos, e sorteou um para seu patrono. Ela ficou aborrecida com a cédula sorteada, são Judas, e a jogou fora. Na noite seguinte, o santo lhe apareceu em sonho, com o rosto resplandecente, e falou: “Acaso sou eu tão insignificante aos teus olhos que mereço ser considerado o Judas desprezado?”

São Bernardo de Claraval, santo abade e sábio teólogo da santa Igreja, era tão devoto de São Judas que durante toda a sua vida venerou uma relíquia do santo apóstolo. Na hora da morte, pediu que lhe colocassem sobre o peito a sua relíquia para morrer na companhia de São Judas Tadeu.

Lição: Aprender de São Judas Tadeu a dar a vida por Cristo e que contemos sempre com ele e com os santos para interceder por nós. São nossos irmãos e como estão muito perto de Cristo lá no Céu, podem nos alcançar muitas graças.

SANTOS: IMITÁ-LOS DANDO A VIDA POR CRISTO E RECORRER À SUA INTERCESSÃO

You may also like

AMOR DE DEUS: AMA SEUS FILHOS PECADORES
EVANGELHO - Lc 5, 27-32 Naquele tempo: Jesus viu um cobrador de ...
NOSSA SENHORA: NOSSA MÃE
EVANGELHO – Lc 2, 16-21 Naquele tempo: Os pastores foram às pressas a ...
SAGRADA FAMÍLIA: MODELO DE TODAS AS FAMÍLIAS
EVANGELHO - Lc 2,22-40 Quando se completaram os dias para a ...
CONFIANÇA EM DEUS: DEUS SEMPRE CUMPRE SUAS PROMESSAS
EVANGELHO - Lc 2, 22-35 Quando se completaram os dias para a ...
NATAL: ENCHER DE AMOR O MENINO-JESUS
EVANGELHO - Lc 1, 26-38 Naquele tempo: O anjo Gabriel foi enviado por ...
NATAL: NASCIMENTO DO DEUS MISERICORDIOSO
EVANGELHO - Lc 1, 57-66 Completou-se o tempo da gravidez de Isabel, e ...
NATAL: ALEGRIA
EVANGELHO - Lc 1, 39-45 Naqueles dias, Maria partiu para a região ...
NATAL: SEGUNDA VINDA DE CRISTO
EVANGELHO - Lc 1, 26-38 Naquele tempo: O anjo Gabriel foi enviado por ...

Page 1 of 20

Rolar para o topo