NOSSA SENHORA: MÃE DA IGREJA

EVANGELHO – Jo 19, 25-34

Naquele tempo, perto da cruz de Jesus, estavam de pé a sua mãe, a irmã da sua mãe, Maria de Cléofas, e Maria Madalena.  Jesus, ao ver sua mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava, disse à mãe: “Mulher, este é o teu filho”.  Depois disse ao discípulo: “Esta é a tua mãe”. Daquela hora em diante, o discípulo a acolheu consigo.  Depois disso, Jesus, sabendo que tudo estava consumado, e para que a Escritura se cumprisse até o fim, disse: “Tenho sede”. Havia ali uma jarra cheia de vinagre. Amarraram numa vara uma esponja embebida de vinagre e levaram-na à boca de Jesus.  Ele tomou o vinagre e disse: “Tudo está consumado”. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito.  Era o dia da preparação para a Páscoa. Os judeus queriam evitar que os corpos ficassem na cruz durante o sábado, porque aquele sábado era dia de festa solene. Então pediram a Pilatos que mandasse quebrar as pernas aos crucificados e os tirasse da cruz. Os soldados foram e quebraram as pernas de um e depois do outro que foram crucificados com Jesus. Ao se aproximarem de Jesus, e vendo que já estava morto, não lhe quebraram as pernas; mas um soldado abriu-lhe o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água.
– Palavra da Salvação
– Glória a vós, Senhor

Olhar para Jesus:
como dissemos, comemoramos hoje a festa de Nossa Senhora Mãe da Igreja.

Por que ela recebe este título? Por uma razão muito simples: porque ela é mãe de Cristo que é a cabeça da Igreja. E também porque, como diz o Evangelho de hoje, Jesus, na cruz, antes de falecer, deu-nos sua mãe como nossa mãe. Quando Jesus se dirige para São João e lhe diz: “eis aí tua mãe”, o próprio São João e depois os apóstolos entenderam que Jesus nos estava dando a sua mãe como nossa mãe, pois a mãe de São João ainda estava viva. E São João ali ao pé da cruz estava representando todos nós. Então, a partir deste momento, os apóstolos entenderam que Maria seria a mãe de todos nós que formaríamos a nova Igreja.

Muitos santos também refletindo sobre este momento da vida de Cristo, dizem que quando estamos para morrer, damos às pessoas o que temos de melhor. Cristo, da mesma forma, deu-nos sua mãe como seu grande tesouro.

Que maravilha é ter uma mãe como Nossa Senhora!!! É uma maravilha, pois esta mãe é muito, muito, especial!!!

É a criatura mais perfeita que saiu das mãos de Deus. Como seria a sua mãe, Deus a preparou como uma joia preciosíssima. A Igreja nos diz que Nossa Senhora nasceu com mais graças do que todos os anjos e santos juntos. E, sabendo que a graça é parte da natureza divina que é comunicada a nós, imaginem a divinização que possui a alma de Maria. Por isso, quando o Arcanjo Gabriel apareceu a Nossa Senhora no momento da Anunciação, ao cumprimentá-la, lhe disse: “Ave cheia de graça, o Senhor é contigo”! Não disse: o Senhor está contigo, mas o Senhor é contigo. Ou seja, é tal a presença de Deus na sua alma que Deus não está nela, mas é nela.

Então, imaginem o amor que Nossa Senhora tem por cada um de nós!!! São João Maria Vianney dizia que se juntássemos todos os corações das mães do mundo inteiro e colocássemos ao lado do coração de Maria, todos estes corações juntos seriam pedra de gelo comparado com o da Santíssima Virgem. Por isso, ele dizia que Maria só vai descansar quando acabar o mundo. Enquanto isso, ela vai de um lado para outro intercedendo pelos seus filhos.

Para conhecer um pouco o coração de Maria, gosto muito das palavras que ela disse a São João Diego na aparição de Guadalupe, um pouco antes da imagem de Nossa Senhora ser impressa no seu poncho. João Diego estava se dirigindo à cidade do México, extremamente aflito, e como que fugindo da Virgem Santíssima, pois seu tio estava morrendo e precisava chegar logo à cidade do México. No meio do caminho, Nossa Senhora aparece na sua frente e lhe diz:

Escuta, e guarda-o no teu coração, meu filhinho, que o que te assusta e te aflige é nada. Não se perturbe o teu rosto nem o teu coração, não temas esta doença, nem nenhuma outra doença ou coisa dolorosa e aflitiva. Não estou eu aqui, eu que sou tua Mãe? Não estás sob a minha sombra e resguardo? Não sou eu a fonte da tua alegria? Não estás debaixo do meu manto e no meu colo? Por acaso tens necessidade de alguma outra coisa? Nada te aflija ou te perturbe.

Vamos repassar com calma o que Nossa Senhora está nos dizendo.

Em primeiro lugar diz para que escutemos, que prestemos atenção com carinho o que ela vai dizer. Que guardemos suas palavras no nosso coração e que nunca mais nos esqueçamos delas.

Depois chama João Diego de “meu filhinho”. Não é bonito isto? Todos nós somos seus filhinhos!!!

Em seguida diz umas palavras que mostram todo o seu poder: “o que te assusta e te aflige é nada”. Por que Nossa Senhora pode dizer isso? Porque ela é, como dissemos, nada mais, nada menos, do que a mãe de Deus, a mãe do Criador do Céu e da Terra. E o que ela pedir para o seu filho, ele o fará. De fato, nesta mesma hora o seu tio ficou curado. João Diego ficará sabendo da sua cura mais tarde, quando se encontrar com o seu tio.

Depois Nossa Senhora diz: “não se perturbe o teu rosto nem o teu coração”. É como se ela estivesse dizendo: “olha meu filhinho, meu poder é tal que não há motivo nem sequer de que teu rosto fique perturbado”. Que coisa! Quantas vezes ficamos com o rosto perturbado! Se isto acontece, Nossa Senhora nos dirá: “você está assim, pois você ainda não confia totalmente em mim, eu que sou a tua mãe. Você ainda não confia que, como ela diz mais adiante, você está sob a minha sombra e resguardo, que você está debaixo do meu manto e no meu colo”.

Portanto, continua Nossa Senhora nos dizendo: “não temas esta doença, nem nenhuma outra doença ou coisa dolorosa e aflitiva”. Isto é: “não temas nada, pois sou tua mãe e cuido de você”!!! “Nada te aflija ou te perturbe”!!!

Lição: sabendo que Nossa Senhora é mãe da Igreja e nossa mãe, procuremos estreitar cada dia mais a nossa relação com ela.

NOSSA SENHORA: MÃE DA IGREJA

You may also like

SÃO TOMÉ APÓSTOLO: SUA VIDA
EVANGELHO - Jo 20, 24-29 Tomé, chamado Dídimo, que era um dos doze, ...
NOSSA SENHORA: IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA
EVANGELHO - Lc 2, 41-51 Os pais de Jesus iam todos os anos a ...
JESUS CRISTO: SEU SAGRADO CORAÇÃO
EVANGELHO - Jo 19, 31-37 Os judeus temeram que os corpos ficassem na ...
ESPÍRITO SANTO: FESTA DE PENTECOSTES
EVANGELHO - Jo 20, 19-23 Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da ...
BÍBLIA (19): REI DAVI (2)
EVANGELHO - Jo 21, 20-25 Naquele tempo: Pedro virou-se e viu atrás de ...
VIRTUDES HUMANAS (13): PACIÊNCIA (3)
EVANGELHO - Jo 21, 15-19 Jesus manifestou-se aos seus discípulos e, ...
PLANO DA SANTIDADE (12): 3 AVE-MARIAS
EVANGELHO - Jo 17, 20-26 Naquele tempo, Jesus levantou os olhos ao céu ...
DOUTRINA (13): JESUS CRISTO (1)
EVANGELHO - Jo 17, 11b-19 Naquele tempo: Jesus ergueu os olhos ao céu ...
JESUS CRISTO: O AMOR POR ELE (3)
EVANGELHO - Jo 16, 29-33 Naquele tempo: Os discípulos disseram a ...
BÍBLIA (18): REI DAVI (1)
EVANGELHO - Jo 16, 23b-28 Naquele tempo, disse Jesus aos seus ...
Page 1 of 23
Rolar para o topo