CARIDADE: SERVIR; QUARESMA

EVANGELHO – Mt 20, 17-28

Naquele tempo: Enquanto Jesus subia para Jerusalém, ele tomou os doze discípulos à parte e, durante a caminhada, disse-lhes: “Eis que estamos subindo para Jerusalém, e o Filho do Homem será entregue aos sumos sacerdotes e aos mestres da Lei. Eles o condenarão à morte, e o entregarão aos pagãos para zombarem dele, para flagelá-lo e crucificá-lo. Mas no terceiro dia ressuscitará”. A mãe dos filhos de Zebedeu aproximou-se de Jesus com seus filhos e ajoelhou-se com a intenção de fazer um pedido. Jesus perguntou: “O que tu queres?” Ela respondeu: “Manda que estes meus dois filhos se sentem, no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda”.
Jesus, então, respondeu-lhes: “Não sabeis o que estais pedindo. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber?” Eles responderam: “Podemos”. Então Jesus lhes disse: “De fato, vós bebereis do meu cálice, mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. Meu Pai é quem dará esses lugares àqueles para os quais ele os preparou”. Quando os outros dez discípulos ouviram isso, ficaram irritados contra os dois irmãos. Jesus, porém, chamou-os, e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações têm poder sobre elas e os grandes as oprimem. Entre vós não deverá ser assim. Quem quiser tornar-se grande, torne-se vosso servidor; quem quiser ser o primeiro, seja vosso servo. Pois, o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor de muitos”.
– Palavra da Salvação
– Glória a vós, Senhor

Olhar para Jesus
: podemos tirar várias lições do Evangelho de hoje pensando na Quaresma. Uma das lições é a da caridade, que é um dos temas por excelência da Quaresma. E a caridade aqui vai ser vista na forma de serviço aos demais.

Diz o Evangelho que a mãe dos filhos de Zebedeu aproximou-se de Jesus com seus filhos e ajoelhou-se com a intenção de fazer um pedido. Jesus perguntou: “O que tu queres?” Ela respondeu: “Manda que estes meus dois filhos se sentem, no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda”.

Toda mãe deseja o melhor para seus filhos. Por isso, não é de surpreender que a mãe destes apóstolos se aproximasse de Jesus para pedir um lugar de honra para eles. Surpreende-nos a audácia desta mãe pedindo de modo imperativo os melhores lugares para os seus filhos. Não é de estranhar que os outros dez se zangassem com ela e com São Tiago Maior e São João. No entanto, no fundo de seus corações, talvez eles quisessem a mesma coisa.

Jesus então aproveita esta situação, como em outras ocasiões, para formar o coração dos apóstolos. Quem será o maior no Reino dos Céus? A resposta do Senhor é simples e, ao mesmo tempo, exigente: “Quem quiser tornar-se grande, torne-se vosso servidor; quem quiser ser o primeiro, seja vosso servo.” (Mt 20,26-27). Jesus, ao mesmo tempo que corrige com paciência divina as suas ambições excessivamente humanas, ensina a escala de valores que deseja para nós: O primeiro no seu reino é aquele que mais serve; aquele que se torna o último, o servidor de todos.

Este foi o exemplo de Cristo. Ele ocupou o último lugar no mundo, tornando-se o servo de todos, morrendo na cruz em nosso lugar e derramando até a última gota do seu sangue para nos salvar.

Tenho vivido desta forma, imitando Jesus Cristo? Ou, pelo contrário, tenho buscado ficar no alto de um pedestal como um paxá esperando que os outros me sirvam? O caminho que Jesus indica é sair deste pedestal e dar a vida pelos outros, sendo o último de todos.

Considero os outros como mais importantes do que eu? Esta pergunta é muito importante! Dá para meditar horas e horas.

“Servir é algo delicioso – dizia São Josemaria: eu tenho como um orgulho em minha vida ter sido servidor de todo mundo. Quero servir a Deus e, por amor a Deus, servir com amor a todas as criaturas da terra”.

Façamos ainda outras perguntas:
– será que minha maior alegria é fazer “os outros” serem felizes?
– esforço-me para sair de mim mesmo e pensar nos outros?
– quanto tempo do dia gasto pensando em mim e nas minhas coisas?
– sei ter inúmeras manifestações de serviço ao longo do dia: sorrir, atender um telefone, atender a campainha, fazer as tarefas mais desagradáveis, abrir ou fechar as janelas, deixar o melhor bife ou a melhor parte do frango para os outros, preparar o café, etc?
– sou mais senhorito ou mais servo?
– sei ter esta atitude de serviço até o último momento do dia ou quando chego em casa só penso em descansar, ver as notícias, alguma série e ficar no meu mundinho?

Que diferente é o ambiente de uma casa onde todos os familiares entram numa disputa para ver quem serve mais o outro! Esta casa é a antessala do Céu! Que pena, por outro lado, é uma casa onde cada um quer ser um reizinho!

O primeiro serviço que Deus nos pede é com aqueles que convivem conosco diariamente. Comportar-se-ia de modo errado aquele que pensasse primeiro em servir os pobres e as pessoas carentes e descuidasse o serviço com os seus familiares, parentes, funcionários de uma empresa, etc.

Terminemos esta breve reflexão pensando que existem duas atitudes completamente antagônicas que podemos assumir para a nossa vida: pensar nos demais e servi-los ou pensar em si mesmo. Façamos o propósito de assumir a primeira postura proposta por Cristo. Esta será uma grande conversão para esta Quaresma!

CARIDADE: SERVIR; QUARESMA

You may also like

SÃO BARNABÉ: SEGUIR SEU EXEMPLO
EVANGELHO - Mt 10, 7-13 Naquele tempo, disse Jesus aos seus ...
SÃO JOSEMARIA: SUA MENSAGEM TRANSFORMADORA (8) – O QUE É A SANTIDADE
EVANGELHO - Mt 5, 1-12 Naquele tempo: Vendo Jesus as multidões, subiu ...
SANTÍSSIMA TRINDADE: AMAR CADA UMA DAS TRÊS PESSOAS
EVANGELHO - Mt 28, 16-20 Os onze discípulos foram para a Galileia, ...
CARIDADE (18): COMPREENDER (2)
EVANGELHO - Mc 9, 30-37 Naquele tempo, Jesus e seus discípulos ...
CARIDADE (17): COMPREENDER (1)
EVANGELHO - Jo 16, 5-11 Naquele tempo, disse Jesus aos seus ...
NOSSA SENHORA: DOR DIANTE DO SEU FILHO MORTO
EVANGELHO - Mt 28, 1-10 Depois do sábado, ao amanhecer do primeiro dia ...
CONFISSÃO: MELHOR PREPARAÇÃO PARA A PÁSCOA
EVANGELHO - Mt 26, 14-25 Naquele tempo: Um dos doze discípulos, ...
DOMINGO DE RAMOS: COMEÇA A SEMANA
EVANGELHO – Mt 26, 14 – 27,66 Hoje o Evangelho é bastante longo, pois ...
SÃO JOSÉ: NOSSO PAI, SUA SANTIDADE
EVANGELHO – Mt 1, 16.18-21.24a Jacó gerou José, o esposo de Maria, da ...
Page 1 of 25
Rolar para o topo